Avaliação de impacto na privacidade e proteção de dados: CNIL lança a versão 3.0 de seu software PIA

A CNIL publicou uma nova versão do software PIA que permite a qualquer pessoa personalizar a base de conhecimento da ferramenta e, assim, centralizar o conhecimento específico à sua atividade relativo à avaliação do impacto na privacidade e proteção de dados. Permite a criação de bases de conhecimento dedicadas a tipos de projetos e a adição de elementos para descrever as práticas específicas organizacionais, jurídicas ou técnicas da empresa. https://www.cnil.fr/en/privacy-impact-assessment-cnil-releases-version-3-0-its-pia-software

As avaliações de impacto de privacidade são uma das ferramentas de adequação que permitem descrever formalmente as operações de processamento de dados e avaliar os riscos para os indivíduos.

A nova versão 3.0 da ferramenta PIA foi aprimorada com um novo recurso importante para personalizar as informações na base de conhecimento que está continuamente presente e orienta a conclusão de uma análise. Isso permite:

– criar bases de conhecimento além daquelas inicialmente fornecidas pela CNIL,
– adicionar entradas às bases de conhecimento e criar categorias,
– associar cada entrada a uma (s) seção (ões) específica (s) da análise para exibi-las no momento apropriado quando a análise estiver sendo realizada.

Outras melhorias e correções incluem:

– a implementação de um tutorial integrado que permite conhecer passo a passo a ferramenta e o seu funcionamento,
– adição de uma trilha de navegação para facilitar a navegação,
– redesenho técnico da ferramenta com Angular 11,
– otimização e melhoria técnica da ferramenta,
– integração direta do elétron na ferramenta,
– correções gráficas na interface;
– correções de vários bugs.